PREVISAO DO TEMPO

sábado, 7 de janeiro de 2012

Segurança: reuniões definirão reajuste

Pestana (D) argumentou que precisa de tempo para ajustar propostas<br /><b>Crédito: </b> Paulo Rogério da Silva / divulgação / cp
Pestana (D) argumentou que precisa de tempo para ajustar propostas
Crédito: Paulo Rogério da Silva / divulgação / cp
O governo do Estado se comprometeu ontem a apresentar um calendário de reajuste salarial às categorias da segurança pública que reivindicam tratamento isonômico com os delegados de Polícia. Para isso, o governo marcará reuniões com as entidades a partir da próxima semana a fim de debater o índice de correção dos vencimentos.

A informação foi passada ontem pelo chefe da Casa Civil, Carlos Pestana, ao presidente da Associação de Cabos e Soldados (Abamf), Leonel Lucas, durante encontro o Palácio Piratini. Lucas saiu satisfeito do encontro com Pestana. "Ele confirmou que irá apresentar um calendário de reajuste", disse Lucas.

O presidente da Associação dos Sargentos, Subtenentes e Tenentes da Brigada Militar (ASSTBM), Aparício Santellano, no entanto, não está tão otimista. Ele declarou ontem que a categoria está "indignada" e com forte sentimento de discriminação por parte do governo, pois esperava um contato telefônico da Casa Civil até a noite de quinta-feira para agendar uma data para retomar as negociações, o que não aconteceu até a tarde de ontem.

Santellano ressaltou a importância de sargentos e tenentes. "Em torno de 90% das unidades da BM em pequenas e médias cidades do RS são comandadas por sargentos e tenentes", disse.
 
Fonte: Correio do Povo 07jan2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário