PREVISAO DO TEMPO

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Edson Brum critica tratamento diferenciado de Tarso para categorias de servidores

Pepo Kerschner - MTB 6595 | PMDB - 10:56-05/01/2012
O deputado Edson Brum (PMDB), presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), voltou a criticar o tratamento diferenciado que o governador Tarso Genro (PT) vem reservando para as categorias de servidores. “O anúncio do reajuste para os delegados de Polícia é mais um exemplo de uma política que privilegia setores do funcionalismo que já estão entre os maiores salários”, apontou o deputado, que já havia condenado as incorporações de 45% do prêmio de produtividade aos vencimentos dos auditores e fiscais da Secretaria da Fazenda.
 
Sem questionar o merecimento ou não do reajuste para os delegados, que reivindicam uma equiparação com os salários dos procuradores do Estado, o deputado alerta para uma situação interna de insatisfação que poderá surgir na Polícia Civil. Ele considera que mais um abismo salarial está sendo criado, ao deixar de fora da proposta feita aos delegados os demais servidores, como os escrivães e inspetores. “É mais para quem ganha mais, mas apenas o discurso para quem ganha menos”, afirmou Edson Brum.
 
O parlamentar questiona também o fato da proposta de reajuste apresentar parte importante dos índices avançando até o ano de 2018. “Mas o mandato do governador termina em 2014”, diz. A proposta de pagamento prevê uma progressão de reajustes que começa em 2013, quando o salário inicial de um delegado de Polícia saltará dos atuais R$ 7.094,98 para R$ 8,5 mil. Para alcançar os projetados R$ 17,5 mil de vencimento inicial em 2018, o próximo governador arcará com três anos do realinhamento salarial proposto agora.
 
* Com informações de Carmen Schuck
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário