PREVISAO DO TEMPO

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Piratini cede às pressões dos delegados. Reajustes na Segurança embaralham salários e produzem desordem na cadeia de comando da Brigada.

  Colocado contra a parede pela convocação de assembléia geral dos delegados de Polícia ao final desta tarde, que poderá resultar em boicote aos serviços públicos estaduais de verão no RS, o governo resolveu antecipar as propostas de reajuste salarial que faria à categoria. 

  A dificuldade das negociações decorre da exigência dos policiais, que querem isonomia (igualdade) salarial com os ocupantes de carreiras jurídicas do Executivo, no caso os procuradores da Procuradoria Geral de Justiça. O secretãrio da Casa Civil anunciou que ainda hoje, antes da assembléia, o governo anunciará que está de acordo com a demanda, mas que proporá buscar a isonomia gradualmente, de acordo com calendário que será fixado. 

 
Os oficiais da Brigada (capitão para cima) já avisaram que não se conformam com os reajustes já concedidos pelo governo e que exigirão isonomia (igualdade) salarial com os delegados. O governo não conseguiu atender de modo inteligente e racional as demandas dos brigadianos, já que buscou conceder reajustes diferenciados, o que embaralhou os níveis salariais e produziu desordem na cadeia de comando, comprando problemas insolúveis para si mesmo e para os próximos governos. 

Fonte: Polibio Braga: http://twitter.com/polibiobraga
Link para o Facebook do jornalista Políbio Braga: http://www.facebook.com/polibiobraga
Veja os comentários em vídeo no Twitcam: http://www.polibiobraga.com.br/twitcam
Mande um e-mail: polibio.braga@uol.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário