PREVISAO DO TEMPO

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Prefeito revela que Piratini e outros prédios públicos estão sem plano de incêndio



Foto: Ricardo Chaves / Agência RBS
A ausência de um Plano de Prevenção e Proteção contra Incêndio pode fazer com que os principais prédios públicos de Porto Alegre tenham que fechar as portas temporariamente até que estejam adequados às normas. A lista abrange algumas dezenas de edificações, entre elas o Palácio Piratini, Tribunal de Justiça, Foro Central, Centro Administrativo e Assembleia Legislativa. O balanço foi solicitado pelo prefeito José Fortunati após dois prédios do município terem sido interditados por falta do PPCI: a Usina do Gasômetro e Porto Seco.
Após levantamento realizado em documentos público "Estranhamente o Ministério Público e o judiciário não tomaram nenhuma medida contra estes outros prédios", ataca o prefeito. Fortunati indaga se a partir de hoje o Ministério Público tomará as mesmas ações tomadas em relação aos prédios da Prefeitura de Porto Alegre. Durante entrevista ao Gaúcha Atualidade o prefeito demonstrou indignação e sugeriu que há perseguição ao município.

Fonte: Blog do André Machado

MEU COMENTÁRIO: Ainda não entendi porque a fiscalização de prédios públicos não é contemplada com a mesma rigidez com que são vistoriados as demais construções. Vou citar aqui um exemplo: Quantos quartéis da nossa Brigada Militar possuem rampa de acesso para deficientes cadeirantes?   Aqui na Capital que eu lembre só o 9º BPM possui tal contemplação.É complicado para entender certas coisas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário