PREVISAO DO TEMPO

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Feltes: aprovados no concurso da PRF começam a ser nomeados no segundo semestre

Pepo Kerschner - MTB 6595 | PMDB - 14:16-09/01/2012 - Foto: Pepo Kerschner
audiência realizada em agosto apontou carências na PRF
O deputado Giovani Feltes (PMDB) recebeu nesta segunda-feira (9) a confirmação do ministro da Justiça,  José Eduardo Cardozo, de que o concurso público para a Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciado ainda em 2009 terá as próximas etapas concluídas nos próximos meses. No documento, o Ministério informa que a liberação de R$ 24,7 milhões de crédito adicional no orçamento da União, na virada do ano, permitirá realizar os testes e os cursos de formação para os 1.125 candidatos aprovados na primeira prova de seleção. Com isso, abre-se a possibilidade de nomeação de 120 policiais rodoviários para atuar nas estradas federais do RS  já no segundo semestre deste ano.
 
"Mesmo com todos os avanços do aparato tecnológico, a presença física do policial nas estradas é fundamental para coibir a imprudência de alguns motoristas", destaca Feltes.   O deputado promoveu audiência pública no mês de agosto do ano passado, na Assembleia Legislativa, quando as carências do efetivo das policiais rodoviárias foram discutidas com representantes da PRF e do Comando Rodoviário da Brigada Militar.
 
Para fiscalizar cerca de seis mil quilômetros, a Polícia Rodoviária Federal conta atualmente com um efetivo de 710 policiais. É a metade do contingente de 15 anos atrás, enquanto a frota de veículos se multiplicou várias vezes neste período. Mesmo com postos de controle fechados por falta de servidores e milhares de quilômetros sob a responsabilidade por vezes de um único patrulheiro, a PRF é a instituição com maior resultados em termos de apreensão de drogas e armas que entram pelas estradas das fronteiras.
 
Por conta disso, Feltes acionou os senadores gaúchos e também encaminhou requerimento ao Ministério da Justiça, pedindo providências. "Além da urgência que representam as mortes diárias no trânsito, a nomeação dos novos policiais é necessária para o período da Copa de 2014. Nosso estado, em especial, deverá receber milhares de turistas dos países do Mercosul para a competição", reforçou o deputado, que é líder da bancada do PMDB.
 
Desenvolvido pela FunRio (Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência), do Rio de Janeiro, o concurso público realizado em 2009 vinha sendo alvo de ações judiciais. Superadas as denúncias de fraudes nas provas, um acordo permitiu a contratação do Instituto Cetro, responsável pelas próximas etapas do concurso até a nomeação final doa aprovados.
   
Fonte: Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário