PREVISAO DO TEMPO

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Sem novos atritos

A decisão do Palácio Piratini de sepultar o projeto de previdência complementar revela que Tarso Genro não está disposto a ingressar no seu segundo ano de governo com um contencioso junto aos servidores público demasiadamente desgastante para a sua administração. Caminha no mesmo sentido a proposta de reajuste salarial que o petista irá apresentar nas próximas semanas para os professores e secretários de escola. A ideia do núcleo palaciano é "amortecer" as crises com mais negociações, impedindo que os problemas atinjam um nível que possa elevar o tom da base aliada na Assembleia. Afinal, ano eleitoral já é conturbado por natureza, e o governo entende que não há a necessidade de nenhum incentivo adicional para que isso ocorra.

Fonte: Correio do Povo 23jan2012

Taline Oppitz
Luiz Augusto Kern - Interino lak@correiodopovo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário