PREVISAO DO TEMPO

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Diretor descarta reajuste agora

O diretor-geral do Dmae, Flávio Presser, descartou a possibilidade de concessão do reajuste. Ele projeta que até 2018 o departamento gaste 54% da receita com o pagamento de servidores ativos e inativos chegando ao seu limite. "A folha de ativos cresce naturalmente 1,5% por ano graças ao plano de carreira e incentivos", destacou. Presser projetou, ainda, incremento no número de aposentadorias, o que impediria gastos maiores com reajustes. "Os funcionários obtiveram ganho real de salário no último acordo coletivo", afirmou.

O diretor-geral disse que outra forma de atender a demanda dos funcionários seria diminuir os investimentos em esgotamento sanitário.

Fonte: Correio do Povo 09dez2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário