PREVISAO DO TEMPO

quarta-feira, 25 de julho de 2012

No Alemão, Paes promete aumento a policiais de UPPs

O reajuste de 50% na bonificação oferecida pela Prefeitura do Rio deverá beneficiar cerca de 5,5 mil PMs que atuam nos postos. De Londres, Sérgio Cabral elogiou iniciativa

Agência Estado |

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB) anunciou na manhã desta quarta-feira (25)  um aumento de 50% na bonificação que a Prefeitura paga aos PMs que trabalham nas Unidades de Polícia Pacificadoras (UPPs).
Com o reajuste, que ainda não tem prazo para entrar em vigor, o bônus dado pela administração municipal a esses PMs subirá de R$ 500 para R$ 750. Cerca de 5,5 mil policiais de 25 UPPs serão beneficiados.
O anúncio ocorreu em visita do prefeito ao Complexo do Alemão, na zona norte. Na segunda-feira, a soldado da PM Fabiana Aparecida Souza, de 30 anos, foi morta com um tiro de fuzil após ataques de bandidos à UPP Nova Brasília, dentro da comunidade. Trata-se do primeiro policial de uma UPP a ser executado em serviço. Seu corpo foi enterrado nesta quarta-feira em Valença, no sul do Estado.
Com o aumento da gratificação, que é somada ao salário pago pelo governo do Estado, a Prefeitura terá um acréscimo de R$ 15 milhões por ano nos gastos com os policiais. O orçamento passa de R$ 30 milhões para R$ 45 milhões.
Em Londres, o governador Sérgio Cabral elogiou a iniciativa do prefeito. 
"Quero agradecer ao prefeito Eduardo Paes, que nesta manhã foi ao Complexo do Alemão e anunciou o aumento da gratificação dos policiais das UPPs, de R$ 500 para R$ 750, além do salário que nós pagamos. Com essa medida, ele dá mais uma demonstração vigorosa de apoio e solidariedade à nossa política de segurança e, em última análise, à população do Rio. Não se trata apenas das UPPs, nós temos política de metas semestrais que levam o policial a ter uma remuneração extraordinária; temos uma política de novos policiais entrando a cada 40 dias, número que antes entrava na corporação por ano. Mas, sem dúvida, a UPP é a grande referência da garantia do ir e vir, da tranquilidade dos moradores das comunidades e dos bairros vizinhos", afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário