PREVISAO DO TEMPO

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Três governistas votaram contra

Os deputados Juliana Brizola (PDT), Catarina Paladini (PSB) e Marcelo Moraes (PTB) ignoraram a indicação do Piratini e votaram contra o projeto que aumenta a alíquota previdenciária dos servidores públicos. Os três deputados não participaram do café da manhã da base aliada com o governador Tarso Genro.

Juliana, que votou favorável ao projeto da Previdência declarado inconstitucional no ano passado, após aprovação na Assembleia, alegou que foi convencida pelas categorias de servidores e decidiu votar contra dessa vez. "Considero o projeto inconstitucional. O governo não apresentou cálculo que justifique o aumento da alíquota", afirmou. Ela relatou que o petista Raul Pont a procurou em plenário e questionou se ela havia lido o texto da proposta. "Eu respondi a ele que sim. Esse meu voto foi por convicção na defesa de uma das bandeiras pedetistas", declarou.

Paladini afirmou que comunicou na segunda-feira sua posição ao líder da bancada do PSB, Heitor Schuch. "Nesse momento, esse aumento não é interessante. Lá na frente pode ser declarado inconstitucional novamente e veremos que estávamos errados", justificou.

Apesar de pertencer a partido integrante da base governista, Marcelo Moraes votou, mais uma vez, contra proposta do governo.

Fonte: Correio do Povo 06jun2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário