PREVISAO DO TEMPO

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Oposição aponta intenção de ''lucro''


Além da bancada tucana, os deputados do PMDB Edson Brum, Giovani Feltes e o líder da bancada, Márcio Biolchi, também qualificaram o projeto que eleva as taxas do Detran como "arrecadatório". "São 152 milhões que vão sair do bolso do cidadão sem necessidade", afirmou Brum. "Taxas são estabelecidas em razão da utilização efetiva de serviços públicos. Não para dar lucro", disse Feltes. "Os 140% de aumento da taxa de expedição do Certificado de Registro do Veículo (CRV) tem fragilidade jurídica", alegou Biolchi.

Para o deputado Paulo Odone (PPS), o aumento é vergonhoso. "O governo vai cobrar taxas exorbitantes alegando que precisa de recursos para as operações do Detran. Isso é imposto, não é um aumento de taxa", criticou Odone. João Fischer, líder da bancada do PP, afirmou que, na sua opinião, o Detran está se transformando em um grande negócio lucrativo para o governo. "Não há investimentos em estradas ou em segurança, somente mais cobranças, taxas e impostos ao cidadão", apontou Fischer. O líder do PP informou que a assessoria da bancada do partido também está estudando o projeto aprovado para auferir a legalidade.

Fonte: Correio do Povo 07junho2012








Nenhum comentário:

Postar um comentário