PREVISAO DO TEMPO

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Sinpol-RS-Casa Civil apresenta proposta de subsídio aos sindicatos

Em reunião realizada na data de hoje, dia 06 de junho, quarta-feira, às 17 horas, na Casa Civil do Palácio Piratini, com a presença do Secretário da Pasta Dr. Carlos Pestana Neto, juntamente com seus assessores, os sindicatos receberam a proposta salarial do governo. Ela consiste na remuneração sob forma de subsídio, específica somente para os policiais, conforme determina o texto constitucional, definida no §9º do artigo 144 da C.F. Os valores abaixo definem todas as classes dos agentes policiais ativos e inativos, com a devida repercussão legal aos pensionistas:
 INV./INSP./ESCRIVÃO/1ª CLASSE: R$ 5.500,00
INV./INSP./ESCRIVÃO/2ª CLASSE: R$ 8.000,00
INV./INSP./ESCRIVÃO/3ª CLASSE: R$ 10.000,00
INV./INSP./ESCRIVÃO/4ª CLASSE: R$ 12.000,00
CLASSE COMISSÁRIO: R$ 15.000,00
 Ficou determinado que já em novembro do presente ano, a categoria dos agentes de polícia receberá o reajuste de 6%. E a partir do ano de 2013, até o ano de 2018, nas datas bases de maio e novembro, serão aplicados reajustes programáticos para a implementação do subsídio.  
O governo garante que nenhum agente policial terá perdas em sua remuneração.
O Sinpol e Ugeirm, em comunhão de esforços e demonstrando maturidade sindical, trabalharam unidos, conseguiram avançar desde a proposta original, a qual era insubsistente, para os valores apresentados logo acima.
Outras pretensões de remodelação da carreira do agente de polícia, tendo como parâmetro a Lei Orgânica ou Lei Geral que tramita em Brasília-DF, estão sendo perseguidas visando a evolução, qualificação e o reconhecimento da carreira policial.
Temos o compromisso e a responsabilidade de apresentar a presente proposta em assembléia geral, para a apreciação da categoria.  
O governo pretende encaminhar o projeto de reajuste salarial, possivelmente na terça-feira, dia 12/06. Pretende o governo que a aprovação do projeto ocorra antes do recesso parlamentar.

Fonte: Email recebido do SINPOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário