PREVISAO DO TEMPO

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Operação padrão retomada pela PF

Agentes permanecem parados em busca de melhorias e reestruturação salarial<br /><b>Crédito: </b> PEDRO REVILLION

Agentes farão o procedimento hoje no Salgado Filho e nos pontos de fronteira

Agentes permanecem parados em busca de melhorias e reestruturação salarial
Crédito: PEDRO REVILLION
Agentes da Polícia Federal no Rio Grande do Sul que estão em greve decidiram retomar hoje as operações padrão no Aeroporto Salgado Filho e em oito pontos de fronteira: Chuí, Jaguarão, Bagé, Santana do Livramento, Uruguaiana, São Borja, Porto Mauá e Porto Xavier. Segundo o presidente do Sindicato dos Policiais Federais do Estado, Paulo Paes, o protesto é para chamar atenção do governo federal. A categoria está em greve desde 7 de agosto.

Na operação padrão, os policiais fazem a fiscalização com o contingente reduzido. Isso torna mais demorada a liberação das pessoas abordadas. No Salgado Filho, a operação deve começar às 6h30min. Já nas fronteiras, o início depende da decisão dos representantes da PF em cada uma da unidades. Conforme Paes, o protesto ocorrerá nos principais aeroportos do Brasil.

O Ministério do Planejamento já informou que irá apresentar, na próxima terça-feira, às 20h, uma contraproposta às reivindicações dos agentes, escrivães e papiloscopistas da PF.

Ontem, os agentes da PF ganharam a adesão dos servidores administrativos. Conforme a representante do Sindicato Nacional dos Servidores do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal (Sinpecpf) no Rio Grande do Sul, delegada Cleuza Maria Silveira Menezes, a categoria sofre com o grande êxodo de trabalhadores. Atualmente, representam cerca de 18% dos servidores da PF, sendo que para quatro policiais há um administrativo. Por isso, a classe reivindica a realização de concurso para a área e também a reestruturação da carreira e a valorização salarial.

A greve dos administrativos pode vir a afetar o suporte à atividade policial e também os serviços de atendimento ao cidadão como emissão de passaportes, registro de estrangeiros e controle de entrada e de transporte de produtos químicos em território nacional.

Fonte: Correio do Povo 16ago2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário