PREVISAO DO TEMPO

sábado, 7 de julho de 2012

Greve dos federais é ampliada

A greve dos trabalhadores federais da saúde no Estado amplia os transtornos à população. Enquanto representantes da categoria negociam com o governo federal, a adesão é cada vez maior entre os profissionais - agora inclui integrantes da Auditoria Médica do Núcleo do Ministério da Saúde. Eles ingressaram ontem na greve por tempo indeterminado. Na próxima segunda-feira, também os integrantes da Anvisa deverão aderir ao movimento.

Com as paralisações, estão suspensas a realização de convênios, a compra de medicamentos e material hospitalar. Já estavam paradas as emissões de compra de medicamentos por decisão Judicial, entre outros serviços. Segundo a diretora do Sindicato dos Trabalhadores Federais da Saúde, Trabalho e Previdência do RS (Sindisprev-RS), Ana Lago, a mobilização, que já ultrapassa dez dias, visa recuperar parte das perdas salariais dos profissionais, há 15 anos sem reajustes. Ela explicou que o setor pede 22,8% de reajuste (ganho real), redução da carga horária e melhores condições de trabalho.

Segundo Ana, reuniões esta semana com o Ministério da Saúde e do Planejamento não concretizaram nenhuma proposta, porque o governo só quer abrir as negociações no final deste mês. "Mesmo assim, a intenção é manter a mobilização", disse.


Fonte: Correio do Povo 07julho2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário