PREVISAO DO TEMPO

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Fiscais federais entram em greve

Como o Ministério do Planejamento não apresentou nenhuma proposta efetiva às demandas dos fiscais agropecuários federais, a categoria vai entrar em greve a partir de hoje, por tempo indeterminado. Os serviços de importação, nas fronteiras e nos portos, que necessitam de inspeção do Ministério da Agricultura, devem ser os mais afetados pela greve. Apenas alguns serviços serão mantidos, como liberação de cargas perecíveis. Serviços de inspeção de produtos de origem animal, bem como emissão de certificado sanitário internacional destes produtos, não devem ocorrer. Os laboratórios de análise também vão parar.

São quatro as demandas da categoria: reposição salarial de 22,08% (percentual relativo a inflação nos últimos três anos, quando receberam última parcela de reajuste); regulamentação de ocupação de cargos de chefia por servidores concursados; realização de concurso público e criação de uma escola de formação de fiscalização agropecuária. No Rio Grande do Sul atuam cerca de 400 fiscais agropecuários.

Fonte: Correio do Povo 06ago2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário