PREVISAO DO TEMPO

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Beira-Rio terá 1,4 mil seguranças privados na Copa


Um gaúcho de Porto Alegre é o responsável no Comitê Organizador Local (COL) por todo o plano de segurança dos estádios nos jogos da Copa de 2014. À frente de uma equipe de 10 pessoas, Hilario Medeiros (foto), 49 anos, trabalha em conjunto com a Secretaria Extraordinária de Grandes Eventos do Ministério da Justiça para garantir a tranquilidade dos torcedores e habitantes das 12 cidades-sede em 2014.
Em entrevista para Zero Hora, Medeiros explicou que, na Copa, todo o trabalho será misto: policiais estaduais e federais vão trabalhar em conjunto com seguranças privados --- mais de 17 mil profissionais serão contratados pelo COL para a Copa, no Brasil inteiro.
--- O maior legado que gostaria de deixar é a ideia de que a segurança dentro dos estádios tem de ser responsabilidade dos clubes, e não da polícia militar.  Com seguranças privados, sobra mais polícia para fazer o seu papel, que é dar segurança nas ruas --- afirma Medeiros, que começou a carreira atuando na Metade Sul gaúcha.
Confira como será a segurança no Beira-Rio, cuja área foi vistoriada há duas semanas pela equipe de Medeiros:
* Dentro do estádio, parceria entre BM e segurança privada
Ao entrar no Beira-Rio, o torcedor não vai ver brigadianos com cachorros à beira do campo ou circulando pelas arquibancadas. A BM terá policiais militares em locais estratégicos, que só vão agir para conter alguma confusão maior ou realizar uma prisão após briga ou assalto.
Dois tipos de funcionários do COL "mostrarão a cara". Os agentes patrimoniais serão responsáveis por atender o público nas arquibancadas, cuidar de banheiros e de àreas como lancherias e restaurantes. Os stewards atuam na orientação dos torcedores e na segurança. Serão treinados com técnicas de contenção de multidões adaptadas do futebol inglês, que tem fãs mais violentos. Não usarão nenhum tipo de arma. O complexo do Beira-Rio terá entre 1,3 mil e 1,4 mil seguranças privados em cada jogo da Copa.


* No entorno, revista com tecnologia hi-tech
O COL fará o controle de todos os que entrarem na área do Beira-Rio sob controle da Fifa. Ainda não estão definidos os limites do Perímetro Externo, a partir do qual torcedores, imprensa e convidados serão revistados. Para quem estiver a pé, a revista será feita com detectores de metais e aparelhos de raio-x. Os carros passarão por um scanner que mostra detalhes de todos os equipamentos do veículo. Cerca de 200 profissionais atuam nesse controle.
Além do Perímetro Externo, uma área com raio de aproximadamente 2 quilômetros será "fechada" durante as partidas. Só moradores e veículos cadastrados, pessoas com credenciais para os jogos, e torcedores com ingresso poderão entrar.

Fonte:
http://wp.clicrbs.com.br/boletimbrasil2014/2011/12/16/beira-rio-tera-14-mil-segurancas-privados-na-copa/

Nenhum comentário:

Postar um comentário