PREVISAO DO TEMPO

sábado, 31 de dezembro de 2011

Ceará - Governo do CE decreta emergência por causa da paralisação de policiais

Policiais deflagraram movimento na quinta-feira(29) e aguardam negociação.
238 viaturas estão sob poder de manifestantes, diz presidente do sindicato.

O governador Cid Gomes (PSB) decretou situação emergência no Ceará neste sábado (31), por conta da paralisação dos policiais militares e bombeiros, segundo assessoria informou por meio de nota. De acordo com a assessoria, a medida está sendo tomada para atender a possíveis casos emergenciais e garantir a tranquilidade do cidadão.
Por conta disso, afirma a assessoria, 159 carros da secretaria da saúde, que seriam enviados aos municípios do interior essa semana, serão utilizados em Fortaleza durante a festa de réveillon. Devido à paralisação de policiais militares e bombeiros, o governador pediu reforço ao Ministério da Justiça e membros da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) e Exército farão a segurança da capital cearense durante a paralisação.
O presidente da Associação dos Cabos e Soldados Militares do Ceará (ACSMCE), cabo Flávio Sabino, disse que o movimento foi mantido durante este sábado e continua até o governo do estado aceitar negociar com a categoria. "Estamos prontos para negociar na hora que o governo quiser. Se eles chamarem ainda hoje, nós voltamos, só depende da abertura para negociação", disse. De acordo com ele, 238 viaturas estão sob o poder dos protestantes, acampados na 6ª Companhia do 5º Batalhão, no Bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza.
Convocação geral
O Comandante da Polícia Militar do Ceará (PMCE), Coronel Werisleik Pontes Matias, convocou neste sábado (31) todos os policiais do Batalhão de Policiamento Comunitário (Bpcom) e do Policiamento Ostensivo Geral (POG), com exceção dos que cumpririam serviço na noite desta sexta-feira (30) a se apresentarem às 17 horas deste sábado. A medida vale, inclusive, para aqueles que estiverem de folga. Em nota divulgada pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) manda que os policiais se apresentem prontos para o serviço, no Quartel do Comando Geral da PM no Bairro de Fátima.
Reivindicações
Policiais militares e bombeiros decidiram paralisar atividades em assembleia nesta quinta-feira (29) por reivindicar escala de 40 horas semanais, promoções e reajuste salarial de 80% até o fim de 2015. Segundo o presidente da Associação dos Cabos e Soldados Militares do Ceará (ACSMCE), o cabo Flávio Sabino, pelo menos 800 soldados da companhia já aderiram ao movimento.
Giselle DutraDo G1 CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário