PREVISAO DO TEMPO

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Associação de Sargentos da BM e Ugeirm exigem verticalidade



Categorias policiais pressionam o governo para incluir vantagens na proposta que será votada pela AL


Portal ASSTBM

Portal ASSTBM o site da Comunidade Policial

Créditos da Foto: Portal ASSTBM

O presidente da Associação dos Sargentos, Subtenentes e Tenentes da Brigada Militar (ASSTBM), Aparício Santellano, disse que a proposta de reajuste salarial para a categoria por parte do governo ainda deixa a desejar. Em entrevista por telefone ao Programa Guaíba Cidades, esclareceu que pela parte da manhã uma comitiva irá à Assembleia Legislativa para buscar entendimento para melhorar a proposta. Ele denunciou que o governo vende uma ideia para a população e internamente a proposta está muito confusa. Santellano destacou que a categoria quer um tratamento igualitário com outros setores da BM.

Já o presidente do Sindicato dos Escrivães, Inspetores e Investigadores da Polícia Civil do Rio Grande do Sul (Ugeirm Sindicato), Isaac Ortiz, disse que o governo retirou do texto a verticalidade, mas a Constituição prevê que para qualquer reajuste para os agentes de polícia o governo terá que cumprir a lei. Ortiz destacou que o estatuto está muito defasado e que é preciso discutir o plano de carreira para a PC. O dirigente esclareceu que a Operação Cumpra-se a Lei não tem a ver com as reivindicações salariais, mas com a legalidade do serviço policial.

Fonte: Luis Tósca/Rádio Guaiba

Ouça o áudio: Entrevista com Aparício Santellano (ASSTBM)

Ouça o áudio: Entrevista com Isaac Ortiz (Ugeirm Sindicato)
Ouça o áudio: Repórter Jimmy Azevedo na Assembleia Legislativa

Através do link abaixo:


http://www.asstbm.com.br/?pg=noticia&id=625





Nenhum comentário:

Postar um comentário