PREVISAO DO TEMPO

sábado, 1 de setembro de 2012

Ato não objetivou atrapalhar peritos

O Sindicato dos Bancários de Porto Alegre, que integra o Fórum Sindical de Saúde do Trabalhador (FSST) da Central Única dos Trabalhadores, informou ontem que o ato realizado na quinta-feira, em frente ao prédio do INSS, na avenida Bento Gonçalves, não teve o objetivo de ofender os peritos. O sindicato afirma que a manifestação buscava chamar a atenção para as condições precárias com as quais os médicos precisam conviver diariamente naquele local, alegando que o ato foi democrático.

O esclarecimento foi feito porque os médicos teriam suspendido as perícias por falta de condições de trabalho, conforme o Sindicato Médico do RS (Simers).

O Fórum assegura que os manifestantes queriam denunciar as péssimas condições de trabalho dos peritos e a nova forma com que o médico emite pareceres sobre a saúde do trabalhador, referindo-se ao atestado eletrônico, que é feito à distância. O sindicato reforça que as perícias não poderiam ser feitas em poucos minutos, como seria usual.

Fonte: Correio do Povo 1set 2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário