PREVISAO DO TEMPO

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Polícia boliviana busca um acordo

La Paz - Policiais de baixa patente negociam com o governo um acordo para o fim do motim que se estendeu por a toda a Bolívia, enquanto indígenas que há dois meses realizam uma marcha contra a construção de uma estrada adiaram sua entrada em La Paz, para evitar que sejam vinculados a um suposto complô contra o presidente Evo Morales.

Em meio às negociações, centenas de policiais voltaram a protestar ontem nos arredores do palácio de governo, na Praça das Armas. Grupos de professores da educação pública se solidarizaram com os oficiais, que, paradoxalmente, participam da repressão a protestos. Os policiais pedem salário básico de 2.000 bolivianos (287 dólares), revogação de um regime disciplinar da Polícia, aposentadoria com 100% do último salário, criação de defensoria policial e garantia de que não haverá represália ao motim.
 
Fonte: Correio do Povo 27junho2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário