PREVISAO DO TEMPO

quinta-feira, 28 de junho de 2012

É hora de prevenção contra a gripe A


É hora de prevenção contra a gripe A Claudio Vaz/Agencia RBS



Aumentou a procura pelas vacinas da gripe na rede privada em Santa Maria

Foto: Claudio Vaz / Agencia RBS

O crescente número de mortes por gripe A no Rio Grande do Sul tem chamado a atenção dos especialistas. Até o início dessa semana, nove óbitos haviam sido confirmados no Estado

Em Santa Catarina, 35 pessoas morreram e no Paraná, 13. Mesmo com a alta incidência para um inverno que recém começa, os médicos dizem que é improvável que ocorra um surto como o de 2009, quando 297 pessoas morreram. Para os médicos, a vacina é o melhor antídoto, atitude tomada por mais de 1,5 milhão de pessoas no Estado - o que representa mais de 80% de cobertura, atingindo a meta preconizada pelo Ministério da Saúde.

Confira outras dicas de prevenção e saiba mais sobre a doença:

Saiba mais

A gripe A é uma doença respiratória aguda altamente contagiosa, que leva a um quadro de infecção respiratória. Não é uma gripe normal porque o vírus é recente, ao qual muitas pessoas não apresentam imunidade. Na maioria das vezes, causa quadro muito semelhante à gripe comum. Sintomas

- Tosse e espirros

- Fortes dores no corpo, na cabeça e na garganta

- Febre alta, acima de 38° C

- Pode haver náuseas, vômitos e diarreia

- Falta de ar

Tire suas dúvidas Tenho sintomas de gripe. Como saber é um caso suspeito do tipo A?

- Apenas se houver febre alta repentina (maior que 38°C) e tosse, podendo estar acompanhadas de algum dos seguintes sintomas: dor de cabeça, dores musculares e nas articulações, e dificuldade respiratória.

possível que haja um surto, como em 2009?

- Cerca de dois terços da população não realizou a vacina. Eles podem ser infectados e evoluírem para casos graves. Mesmo assim, os médicos não esperam um surto como o de 2009.

Com o inverno, há maior risco de disseminação da gripe A?

- Sim. O risco de disseminação do vírus aumenta com o frio, como o de qualquer outra gripe. O inverno oferece risco maior em função da umidade e da propensão a aglomerações.

Porque essas mortes por gripe A ainda ocorrem?

- Em função da complicação da infecção, que atinge a via aérea superior e pode se disseminar para o pulmão e abrir portas para outras doenças mais graves. Organismos mais debilitados e integrantes dos grupos de risco são mais suscetíveis às complicações.

Se suspeitar da gripe A, o que devo fazer?

- Procure a unidade de saúde mais próxima, onde será examinado. Se houver suspeita de gripe A, com base na análise clínica e na investigação sobre a possibilidade de exposição ao vírus, poderá ser encaminhado a um hospital.

Existe algo que posso fazer na alimentação para deixar o meu organismo mais fortalecido e evitar a contaminação?

- Sim. Alimentação saudável, com vitamina C presente em frutas, além de verduras e legumes ajudam a fortalecer o organismo e, por consequência, reforçar a imunidade. É importante também que todos procurem dormir bem, usar agasalhos para se proteger do frio e procurar evitar ambientes fechados com grande aglomeração de pessoas. A higiene pessoal é fundamental para a prevenção. Lave sempre bem as mãos e use álcool gel sempre que possível.

Existe oferta de remédio para quem estiver com gripe A na rede pública?

- Sim. O paciente pode consultar um médico particular, do hospital ou do posto de saúde. Se for indicado, um formulário será preenchido e o Tamiflu pode ser retirado em postos de saúde específicos.

Posso comprar Tamiflu em farmácias? Precisa de receita? Quanto custa?

- Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, o Tamiflu está disponível em abundância na rede de saúde. Ele não está disponível em farmácias.

Fonte: DIÁRIO GAÚCHO 28junho2012





Nenhum comentário:

Postar um comentário