PREVISAO DO TEMPO

quarta-feira, 20 de junho de 2012

CE: PMs respondem por infrações de trânsito dirigidas a veículos oficiais


Uma informação chegada ao conhecimento público, causou surpresa nos meios populares segundo a qual motoristas de viaturas que prestam atendimento de segurança e socorro respondem pelas multas dirigidas a esse tipo de veículo oficial. Ou seja, nos casos de emergência para socorrer alguém que precisa ou perseguição a algum criminoso, o motorista da viatura está obrigado a seguir rigorosamente as leis de trânsito. Sirene e intermitentes só para abrir caminhos pois o sinal vermelho deve ser obedecido.

No caso de multa, esta chega para o motorista se defender perante o DETRAN (Departamento de Trânsito) ou Demutran (Departamento Municipal de Trânsito). Caso não logre êxito nas suas argumentações, o militar vai ter que pagar a multa com dinheiro do seu próprio bolso. A informação foi dada ao Site Miséria por um dos membros do Corpo de Bombeiros e confirmada, anonimamente, por um Soldado do Ronda do Quarteirão.

Ou seja, apressar, por exemplo, a marcha de uma viatura do GSU para socorrer alguém que foi atropelado no trânsito em via pública pode resultar em prejuízo para o bolso do motorista caso ultrapasse algum foto sensor com a velocidade acima da permitida. O mesmo pode ser dito em relação a militares que dirigem viaturas da PM quando estiverem perseguindo alguém acusado de furto, roubo, tráfico de drogas ou que tenha praticado lesão corporal ou homicídio.

Para o comerciante Alindo Matos é algo sem sentido por limitar a ação da polícia na garantia da ordem pública. Ele disse ter conhecimento da atitude do estado mesmo sabendo que alguma infração praticada não parte da displicência ou indisciplina do militar. Um soldado que pediu para não ser identificado falou que a grande maioria das multas é em situações de urgência e nem todas são revogadas quando o prejuízo fica com o motorista do carro oficial.

FONTE: Miséria no dia 19.06.2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário