PREVISAO DO TEMPO

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Conselheiros mantêm auxílio-moradia

Não prosperaram no Pleno do Tribunal de Conta os embargos declaratórios do Ministério Público de Contas questionando o pagamento do auxílio-moradia a juízes gaúchos. Estilac Xavier, que havia pedido vista do processo, foi favorável ao pedido do MPC, mas os demais conselheiros-com exceção do presidente da Corte, Cezar Miola, que só vota em caso de empate-acompanharam o voto do relator Maro Peixoto pela continuidade do pagamento. A expectativa é que o mérito do auxílio-moradia seja votado em novembro.

Fonte: Correio do Povo 04out2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário