PREVISAO DO TEMPO

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Audiência pública: Praças da Brigada Militar dão demonstração de força e união.

Liderados pela Associação de Sargentos, Subtenentes e Tenentes da Brigada Militar do Rio Grande do Sul-ASSTBM, Associação dos Oficiais Subalternos da Brigada Militar-AOfSBM, Associação Beneficente Antônio Mendes Filho-ABAMF, Associação dos Bombeiros do Estado do Rio Grande do Sul-ABERGS e Federação das Entidades Representativa dos Policiais Militares dório Grande do Sul-FERPMRS, esta última agregando diversas associações independentes, os servidores do nível médio da Brigada Militar deram no dia 06de dezembro de 2012 uma grande demonstração de força e união. Convocados que foram para uma audiência pública que trataria do plano de carreira dos servidores do nível médio da Brigada Militar, compareceram em massa dando um exemplo de exercício da democracia e também solidificando e legitimando as ações das entidades representativas da categoria. Infelizmente alguns servidores ficaram bloqueados no trânsito da BR 386 por motivo de um acidente acontecido horas antes, outros tiveram formatura em suas Unidades de origem, mesmo assim foi expressiva a presença onde se notou um grande número de servidores fardados. Os discursos de nossos representantes foram respeitosos, mas contundentes, fazendo com que o público os aplaudisse em pé. Juntamente com presidentes das Regionais ASSTBM e de associações independentes, destacamos também a presença dos amigos Flávio Berneira presidente da AMAPERGS, Cládio Abel diretor da UGEIRM, Deputado Sargento Aragão, Major Negreiros e Cabo Portugal, os três últimos da Polícia Militar do Tocantins prestigiando o nosso movimento. Importante os depoimentos de Flávio Berneira da AMAPERGS e Cládio da UGEIRM, recentemente vitoriosos na luta pelo ingresso com curso superior em suas categorias, deputado Aragão autor do atual plano de carreira do Tocantins e do Major Negreiros, este oriundo da base onde ingressou na função de soldado e hoje com 22 anos de serviço ocupa o posto de major. Diversos políticos na assistência, entre eles o Vereador André de São Gabriel, Diaroni dos Santos e Tenente Bruno de Pelotas, dado Silva de Santa Rosa e Batatinha de Rio Grande. Nos encaminhamentos finais foram dadas as seguintes sugestões: Formação de uma subcomissão para continuar a discussão do assunto, formação de um grupo de trabalho misto com a participação das associações para que haja a formação de um plano de carreira justo e que abranja todos os servidores do nível médio e que os deputados façam intermediação junto ao governo para que todas as associações sejam recebidas para uma possível discussão.


Assim que acabar a edição da filmagem da audiência pela TV Assembléia a ASSTBM disponibilizará em seu site o vídeo para que toda a categoria tome conhecimento.


Comunicação DEE ASSTBM


Fotos Dagoberto Valteman

Um comentário:

  1. EXIGENCIA DE NIVEL SUPERIOR PARA INCLUSÃO NA BRIGADA MILITAR E UM PLANO DE CARREIRA ADEQUADO PARA O GRAU EXIGIDO ESTÁ DIRETAMENTE RELACIONADO COM A QUALIDADE DO SERVIÇO PRESTADO PELO POLICIAL MILTIAR..
    ...
    ...
    ...
    HISTÓRIA

    ME DESCULPAS A RESERVA ALTIVA DA BRIGADA MILITAR, MAS É BOM COMPARARMOS PARA TERMOS NOÇÃO O QUE ESTAMOS FALANDO.

    MEU AVÓ INCLUIU NA BRIGADA MILITAR 1930, SEM CONCURSO PÚBLICO E NUNCA FREQUNTOU UMA ESCOLA, MAS SABIA LER E ESCREVER ALGUMA PALAVRAS;

    MEU PAI INCLUIU NA BRIGADA MILITAR 1956, SEM CONCURSO PÚBLICO E ESTAVA NA 2ª SERIE (EQUIAVALENTE)...

    NA DÉCADA DE 90 FOI EXIGIDO O ENSINO MÉDIO PARA INCLUSÃO NA BRIGADA MILITAR.

    CONCLUSÃO:

    NA ÉPOCA DO MEU AVÓ PARA SER UM POLICIAL MILITAR NÃO PRECISAVA SABER LER E ESCREVER, NESSA ÉPOCA ERAM EXIGIDOS AOS INTEGRANTES DA BRIGADA MILITAR FORÇA E VERDADEIRO GUERREIROS.

    NA ATUALIDADE É EXIGIDO PREPARO FÍSICO E INTELECTUAL.

    PORTANTO:

    1. ENSINO SUPERIOR + PLANO DE CARREIRA = SOLDADO PREPARADO E MOTIVADO A CRESCER NA EMPRESA BRIGADA MILTIAR;

    2. ENSINO SUPERIOR - (*) PLANO DE CARREIRA = SOLDADO PREPARADO E DESMOTIVADO E MUITOS DÃO BAIXA OU CAI NO BICO E OUTRAS SAÍDAS QUE NAO POSSO FALAR;

    3. ENSINO MÉDIO - PLANO DE CARREIRA = SOLDADO ESTAGNADO E A INSTITUIÇÃO SUCUMBIDA A CAIR NO ATRASO E FALIR COMO INSTITUIÇÃO.

    (*) - SEM PLANO DE CARREIRA

    QUAL POLICIA QUE A POPULAÇÃO DO ESTADO DO RIO GRANDE QUER:

    DO MEU AVÓ DE 1930?

    A MODERNA?

    ResponderExcluir